setembro 11, 2016

CANOADA BYE BYE XINGU (05 A 09-09-16)



feed back de menu e equipe de cozinha




Deslocamento da cozinha foi executado terça (06-09) pela madrugada na travessia da balsa até o Assurini (feito por uma pick up L200 da comunidade indígena Muratu). Seguimos rumo a comunidade das Mangueira na jusante da barragem de Pimental.


Café da manha da Staff ( Denise e Edu) na pousada do seu Dinho e dona Nilce
Cuscuz, abacate, laranja, café


Com voadeiras atravessamos fogões, equipamentos e insumos para as montagens e desmontagens da cozinha.
Primeiro dia. Praia do espinho. Fogão a lenha, jirau de peixe, fogão gás.
Com o material que tínhamos em mãos (Denise, Irá, Laura, Pedrinho, Dante), montamos estrutura e servimos almoço para 37 pessoas, entre equipe e ativistas externos.
Menu 06-09-16
Lanche para viagem
-Sanduiche de queijo prato com cenourinha e beterraba raladas no pão integral
-Frito de mignon com farinha
Almoço praia espinho
- Guaca-mole com brunoise de maça verde, tomate, cebola, limão tanja, cheiro verde, Olive.
- Salada verde de couve com gomos de tangerina e lascas de castanha do Para
- Feijão temperado com ervas e especiarias
- Arroz com cenoura
- SautéSlow de legumes (quiabo, maxixe, tomate, abobora, pimentão), óleo e lascas de castanha
- Papilote de pescada branca recheada com vinagrete de ervas


- Caldo de surubim com chifonade de couve manteiga
- Curimatã, pacu, tucunaré moqueados
- Cara cozido guarnecido com óleo de castanha

Não houve gerador de energia na primeira noite

Café da manhã praia do espinho:
Café, leite, suco acerola, chá verde e branco, H20
Sanduiche de pão integral, queixo com rodelas de tomate.
Frito de carne de sol com farinha grossa
Frutas (melancia, tangerina, banana, abacate, maça)
Kit frutos secos e desidratados (castanha do Para, amendoim, nibs de cacau, ameixa e uvas desidratadas)
Deslocamento até porto aldeia Muratu
 (Voadeira 6 metros sem capota do Pedinho)
Com os insumos que conseguimos transportar, executamos o seguinte
Menu 07-09-16
Almoço 60 pessoas (Fogão lenha, braseiro)
Salada colorida repolho, couve, beterraba, cenoura, tomate, pimentão. Emulsão de shoyo com Olive e limão tanja
Sashimi de tucunaré com pasta de jambu no óleo de castanha com lascas de coco seco
Refogado Juruna com parmetier de legumes Slow
Spaguetinho integral ao Pesto de manjericão, Olive e castanha
Arroz com brunoise de cenoura
Baião de dois com feijão branco, pimentão, cheiro verde, cebola, alho. (Cozido feijão e recozido com arroz)
Assado de peixe na brasa (pescada branca, tucunaré, curimatã, pacu)
Caldo de surubim, tucunaré, ervas
Arroz doce com brunoise de maça verde, canela, cravo, leite condensado, ameixa* e uvas* desidratadas
Jantar (60 pessoas)
Salada colorida de beterraba, cenoura raladas, pimentão, tomate, repolho. Emulsão de tanja e shoyo
Arroz branco com brunoise de cenoura
Feijão temperado com abobora e cheiro verde
Curimatã, pescada branca, tucunaré, surubim, pacu moqueados
Galinha caipira colorida
Pato com jambu, ervas e cheiros



Ovas de tracajá
Bolo de macaxeira
Beiju com raspas de castanha
Bebidas (café, chá verde e branco, isotônico, leite achocolatado, Caxiri, suco de caju)
Com gerador de energia trabalhando até as 4 da madruga a cozinha pode trabalhar tranquilamente noite adentro.


Preparamos frito de pato desfiado e carne de sol e mise-en-place do desjejum.
08-09-16 (50 pessoas) Aldeia
Desjejum na praia da aldeia
Bolo de macaxeira
Beiju com raspas de castanha
Sanduiche de queijo
Pasta fermentada de amendoim
Frutas (banana, tangerina, maça)
Bebidas
Café, chá verde e branco, isotônico, leite, Caxiri, H2O

Deslocamento para cachoeiras. 8 da matina até as 15 horas
Ceviche de tucunaré no limão galego, ervas e pimenta com cara cozido e beiju de castanha
Caxiri


Almoço/jantar (acabou o gelo, dificuldades com H20 – 4 galões vazios)
Fogão a lenha, braseiro, fogão gás




Cari assado na lenha servido com farinha
Salada colorida tomate, pimentão, beterraba, cenoura com lascas de coco seco
Sautè de abobrinha verde com coco seco ralado no óleo de castanha
Refogado de quiabo com tomate e pimentão
Spaguetinho com molho de tomate pelado, gengibre e óleo de castanha
Moqueado de pescada branca, tucunaré
Caldo de surubim com ervas e pimentas
Paca e tatu assados
Arroz branco
Cara cozido guarnecido no óleo de castanha
Feijão, ervas e cheiros cozidos com abobora
Bebidas
(Café, chá verde e branco, leite, suco de caju, H2O)

09-09-16
Desjejum 40 pessoas

Bolo de macaxeira
Beiju com castanha
Sanduiche de pão integral com pasta de chocolate
Banana,
Coco seco
Sagu de vinho com cheiros
Peixe moqueado
Almoço 40 pessoas
Salada colorida (beterraba, cenoura raladas, pimentão, tomate, castanha do Para)
Sautè de legumes (quiabo, pimentão, tomate, cebola, alho, óleo de Olive)
Arroz
Feijão temperado
Chambari no molho de tomate
Peixes moqueados
Caldo de surubim
Participaram da expedição com a cozinha:
Graça, Boneca, Lora, Silvia, e as crianças: Renata, Catiele, Brancona, Joelma, Marquinho
Na saída passamos pelo canal de derivação e marco 0 da Transamazônica até chegar a Altamira feita com micro-ônibus.
Presença de bomba de inseticida por excesso de carapanã e pium






                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     

abril 26, 2016

eu curto o póstumo

Sempre impliquei com o garoto da balança da feira.
Gosto que use um saco só para todos os itens. Dá trabalho: ele que tem que ensacar tudo, eu apenas circulo os corredores e vou colocando o que agrada no cesto. Conclusão: chego no balcão e deposito minha cesta para que ele coloque preço nos itens, minha única exigência é que polpe ao máximo a quantidade de sacos e embalagens para eu carregar.
É o Léo, era o Léo.
Nem senti sua ausência na ultima semana (também porque tive menos consumo e exagerei um pouco na feira da Brasília).
Já vi ele de moto pela cidade, e domingo que passou, tragicamente meteu-se frente a um carro e ficou uma semana hospitalizado. Ontem pela manha soube pelos meninos do mercado sobre óbito e a homenagem que o estabelecimento fez ao garoto que, de uma forma ou de outra, cumpria seu papel na balança da feira.

abril 23, 2016

21 dias de tratamento de doenças crônicas e equilíbrio metabólico

Que cargas d'água fomos abençoados com essa oportunidade de praticar essa tal experiência VIVA.

 Há meses atrás passamos por uma cirurgia em que arrancou nosso aparelho digestivo, refez e colocou-o novamente nos moldes para desempenhar nosso novo papel dali pra frente.
Sabemos também que isto facilitou deveras nossa missão e a ingestão de alimentos verdes. Gostaria que todos tivessem essa facilidade, apesar de impactante, de sentir a VIDA dentro de nós e presenciar mudanças tão concretas e possíveis.
Hoje temos consciência que o verde é melhor, contudo, com a  pratica sendo difícil de executar, fácil então é criticar e falar que não funciona.

Esses dias estão firmando a vivência nas teorias das Bases Fisiológicas da Terapêutica Natural e Alimentação Viva praticados pelo Dr. Alberto Gonzalez que é fera no assunto e tem mais de 10 anos metidos no cru, vindo a criar esse modelo de cura pela natureza mostrando e contando de forma cientificamente simples como funciona nosso corpo e a recepção que é feita das moléculas por ele.

http://www.doutoralberto.com.br/

É nossa terceira vez introduzidos (21 dias) neste universo cru e vivo de bactérias que promovem a vida e iniciam, antes mesmo de serem ingeridos, o processo de digestão do nosso alimento.

21 dias de tratamento de doenças cronicas e equilíbrio metabólico
(abordamos conceitos e fatos  científicos da pró e prébiotica, fisiologia celular, hormônios e neurotransmissores.
Modelos inovadores em prevenção a câncer, elevação da imunidade, drogas naturais, fisiologia da inflamação, praticas antioxidantes e bases fisiológicas do programa de reversão de diabetes).

Sintetizamos a primeira semana como clínica:

Esta etapa é propositalmente a mais impactante. O período de 21 dias trabalhamos com uma dieta vegetal, orgânica, fresca e equilibrada, completa em nutrientes gordurosos e proteínas vegetais saudáveis, mas nesta semana inicial intencionalmente baixa em carboidratos (amidos e açúcares). O objetivo desta fase é produzir uma resposta epigenética, ou seja, promover o desbloqueio de locais do gene humano que estão bloqueados pelo padrão cotidiano da alimentação moderna, à base de laticínios, carnes, amidos, açúcares e alimentos processados.

São diversos tipos de sopas e sucos naturais, capazes de promover um impacto importante sobre os níveis de açúcar, triglicerídeos e colesterol no sangue, mesmo em curto prazo. Esta forma de alimentação reequilibra também – e de forma imediata – a microbiota intestinal, repondo bactérias que tipicamente compõem os alimentos orgânicos, originados da natureza. Com este período, objetiva-se também a mudança da microbiota dos tecidos corporais, compostas por bactérias e fungos patogênicos, que existem pelo mesmo padrão açucarado e processado de alimentação.


Todos os dias da semana são plenos de atividades físicas moderadas. Alongamentos ao despertar, atividade física ao longo dia e leituras ao anoitecer. Nesta semana mais crítica damos prioridade ao período de descanso após as atividades físicas e refeição do meio dia (descanso compulsório).
A primeira semana é, portanto, muito voltada ao corpo e mente individual. 

olha nós e dr. Alberto em Alto Paraíso / GO
Porque "Lugar de médico é na cozinha"



Balanço cru
21-04-16
16 dia de dieta

300 ml de H2O
e nosso balcão a cada dia mais vivo!



frutas

pão essênio de milho com linhaça e mel



Detox - manga, gengibre, couve, limão, salsa

vitamina abacate, bacaba,leite de amendoim, jatobá e banana.

Frutas


germinados e folhas

frutas
H2O 1,5 litros

e pela madruga mais um pratão de vitamina biogênica de bacaba com abacate e amendoim.




rendeu hj
10 km corrido
15 pedalado
45 min tecido aéreo

bom demaise

abril 22, 2016

Balanço cru
21-04-16
15 dia de dieta

frutas e água


castanhas 10
azeitonas 5
folhas, frutas, germinados, ervas, grãos
pão essênio ( milho, castanha, linhaça ) com mel

vitamina abacate com açaí e mel


folhas, frutas, germinados
pão essênio com mel




balanço cru
20-04-16
14 dia de dieta

400 ml de h20
2 bananas
10 castanhas
1 manga


pepino, trigo, feijão e grão de bico germinados


creme de abacate, banana, leite de amendoim, açaí

frutas

600 ml detox - graviola, couve, agrião e mel
folhas, frutas


mais germinados (quando falamos em substituir proteína animal por vegetal, é de feijões que estamos falando)
folhas

açaí, farinha e mel

20 km de bike


abril 20, 2016

Balanço cru
19-04-16
13 dia dieta

200 ml de todinho vegetal

300 ml detox- graviola, couve, limão, gengibre e agrião.

frutas

folhas e frutas

açaí com farinha mesocarpo babaçu


frutas




feijões germinados e detox


bolo toffee de cenoura, maça, algaroba, castanha, cacau


1,5 litros de água
25 km bice

abril 19, 2016

Balanço cru
18-04-16
12 dia de dieta

400 ml de água
frutas
(obrigada a Kley querida, que nos presenteou com essas belíssimas carambolas!)

açaí com farinha


salada com berinjela, pimentão, tomate marinados no misso com cogumelos frescos e grãos de feijão. amendoim e grão de bico.

600 ml - detox - graviola, agrião, couve, limão e gengibre
500 ml de água
10 castanhas

frutas
graviola

bolo toffee de maça, cenoura, algaroba, cacau e ameixa seca - 200 gr

Puxa vida como não é fácil consumir a quantidade de verde que sabemos precisar ingerir.  
Sabemos que a industria alimentícia é muito mais "floreada e maquiada" para o palato que a alimentação verde e com cheiro de clorofila.
 A luta chega a ser desonesta, incoerente e indecorosa.

Mas o que a gente tem que fazer é beber o verde e alternar as variedades. 
As folhas verdes costumam ser a parte mais nutritiva das plantas, como tal, são um alimento muito procurado por uma grande variedade de animais. Para garantir a sobrevivência da especie, as plantas possuem alcaloides em suas folhas com um intuito de garantirem que os animais não as comam e busquem por outros alimentos. Ainda que os alcaloides sejam venenosos em grandes doses, em pequenas quantidades fortificam o sistema imunológico.
Tem informações e curiosidades no livro " A revolução do suco verde" de Victoria Boutenko








abril 18, 2016

AÇAI COM FARINHA NOSSO DE CADA DIA!

Balanco cru
17-04-16
11 dia dieta



frutas

germinados, frutas

600 ml H2O
Todinho vegetal - leite de amendoim, banana, jatobá, choco 100%

Cacau de Medicilândia ( Ele é torrado e moído), qualquer hora iremos lá conhecer a fábrica e produção.

Vou comendo o que da na telha e esta na frente. 
O que é fácil e precisa apenas ser lavado,descascado, espremido. 
Houve um tempo que estava tão cheia de frescuras para me alimentar (Farinha não  come, azucar refinado também não, sal cisne nem pensar.....etc,) que então resolvi simplificar essa frescura toda e facilitar as coisas comendo frutas, verduras, hortaliças, germinados, brotos, grãos e sementes.
 Aos sábados e domingos os fogões são ligados apenas para mimar clientes.
Eram 22:30 da noite, ainda em produção, a cabeça começa a bombar. A primeira coisa que passa pela minha mente e a alimentação (o que comi e o que falta comer ). Onde estavam as folhas e os verdes da dieta do dia?

Folhas - agrião selvagem, alfaces, couve, manjericão- germinados -trigo, amendoim, feijão verde - frutas - manga, tomate, morango- cogumelos fresco shimeji. Salse mostarda, mel e oliva
Parece doideira mas a dor de cabeça se foi na sequencia.

vitamina acai com todinho vegetal

300 ml H2O

Rendimento do dia
25 km bice




Balanco cru
16-04-16
10 dia de dieta



500 ml H2O
frutas, castanhas

h2o coco e caldo de cana


abacate, banana,  farinha



germinados com folhas diversas


creme de milho com coentro e shimeji fresco

detox de graviola com couve - 400 ml
mousse de abacate com bacuri, banana, mel e ameixa seca

1,5 litros de H2O
Rendeu um trabalho de dia e noite inteira

abril 16, 2016

15-04


Balanco cru

9 dia de dieta

400 ml de  h2o
frutas

acai, leite castanha, Tribulus terrestris, banana, mel



germinados com shimeji,  frutas, ervas, folhas

600 ml -detox - graviola, salsa, couve
1,5 litros de água